No primeiro comício do Juruá Marcio Bittar garante que prefeitos não serão mais tratados como adversários

Publicado em 18/08/2014 - 09:21 | Por Redação

Da redação:acriticadoacre.com.br


O candidato a governador Marcio Bittar (PSDB), da Coligação por Um Acre Melhor, disse neste sábado, 16, no primeiro grande comício da aliança em Cruzeiro do Sul, na rua principal do bairro Remanso, que seu governo não será “covarde com o Vale do Juruá”, penalizando o prefeito por ele ser dum partido oposto, como faz o atual governo. “Vamos governar esse município a quatro mãos, prefeito Vagner Sales”, garantiu Bittar, diante duma multidão de curiosos.

A fala de Marcio Bittar foi a penúltima do comício – ele foi antecedido por candidatos a deputado estaduais e federais, e do candidato ao Senado, Gladson Cameli (PP), e o último a discursar foi o prefeito Vagner Sales (PMDB). Marcio iniciou agradecendo os cruzeirenses pela votação surpreendente que teve na eleição passada, quando elegeu-se o deputado federal mais votado das história do Acre. “Vocês foram generosos comigo e jamais poderia deixar de agradecer”, disse.
Na sequência Marcio Bittar elogiou seu candidato ao senado, Gladson Cameli (PP), pela relação que tem com a população do Juruá, pediu votos e repetiu que homenageará o tio dele, ex-goverandor Orleir Cameli (in memórian), colocando seu nome na estrada que abrirá entre o município e Pucalpa, no Peru, uma sequência da BR-364. “Assumimos esse compromisso com vocês, porque nosso futuro presidente, Aécio Neves, já nos garantiu a realização dessa obra, para que a gente chegue mais fácil até o Peru, um país que cresce cinco vezes mais que o Brasil, asendo um importante parceiro e corredor para o oceano”, disse.
A vice de Marcio Bittar, deputada estadual Antônia Sales (PMDB), mulher do prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales(PMDB), também foi elogiada pelo candidato a governador. “Alguém duvida que tenho a melhor vice do Brasil? Claro que ninguém duvida, porque essa mulher tem realização aqui nessa região que envergonha governos”, afirmou.
Marcio ainda deu uma passada em seu projeto de governo, lembrando que seu partido, o PSDB, foi quem criou programas como o bolsa-família e classificou como “bandidagem” candidatos saírem ameaçando as pessoas dizendo “que se não reeleger eles esses benefícios vão acabar”. Falou sobre o projeto de construir um centro de exames em Cruzeiro do Sul para melhorar o atendimento na saúde e não esqueceu de pinçar seu programa para a zona rural. “Vamos extinguir as multas aplicadas pelo Imac para que nossos colonos possam respirar aliviados e virem, de fato, donos de suas terras e que possam nela produzir”, afirmou.
Marcio Bittar criticou a forma como o atual governo trata os prefeitos de partidos opostos, caso do de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales. “No meu governo vamos trabalhar a quatro mãos,Vagner. Não é possível um governo virar as costas para um município, como o atual faz, apenas pelo fato de você não ser do partido deles. No meu governo vou tratar todos os prefeitos igualmente, sem distinção de partido”, disse, ante a uma platéia numerosa, como não se via nos últimos tempos em comícios.

Assessoria

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.