Leila passa Cristovam na corrida pelo Senado

Publicado em 26/09/2018 - 16:06 | Por Redação

Em pesquisa encomendada pelo Correio Braziliense, a medalhista olímpica alcançou 28,8% das intenções de voto ao Senado, enquanto o candidato à reeleição pelo PPS ficaria com a segunda vaga na Casa, com 24,7% das menções

A candidata do PSB ao Senado Federal, Leila do Vôlei (PSB), lidera a disputa por uma cadeira no tapete azul. Pesquisa encomendada pelo Correio Braziliense e realizada pelo Instituto Opinião Política mostra que, se a eleição fosse nesta quarta-feira (26/9), a medalhista olímpica seria eleita com 28,8% dos votos. Cristovam Buarque (PPS), candidato à reeleição, ficaria com a segunda vaga. O parlamentar tem 24,7% das intenções de voto. Na pesquisa anterior, encerrada em 11 de setembro, Leila tinha 24,1% das intenções de voto e Cristovam, 28,9%.

O terceiro colocado na corrida pelo Senado é o deputado federal Izalci Lucas, do PSDB, que não registrou crescimento entre os dois levantamentos mais recentes. Há duas semanas, o tucano tinha 19,8% das intenções de voto e, agora, aparece com 19,4% das menções. O quarto colocado, Chico Leite, da Rede, também ficou estável desde 11 de setembro. O deputado distrital tinha 18,6% e, na sondagem mais recente, registrou 18,8% das citações dos eleitores entrevistados pelo instituto de pesquisa.

O quinto colocado é o também deputado distrital Wasny de Roure, do PT. O representante da Câmara Legislativa cresceu quase três pontos percentuais nos últimos 15 dias. Ele apareceu com 10,5% das intenções de voto no último levantamento e, agora, chegou a 13,4%. O sexto colocado na corrida pelo Senado é o pastor Fadi Faraj (PRP), líder da Comunidade Cristã Ministério da Fé. O candidato tinha 5,1% e, hoje, conta com a preferência de 8,0% do eleitorado da capital federal.

O professor de direito da Universidade de Brasília (UnB) Marcelo Neves (PT) tinha 4,4% das intenções de voto em 11 de setembro. Na pesquisa mais recente, o petista cresceu para 5,2%. Na sequência aparece o Juiz Everardo Ribeiro (PMN), que tinha 1,9% das menções e, hoje, tem o dobro desse índice, com 3,8%. Professora Amábile, do PR, perdeu um ponto percentual: ela tinha 3,7% e, agora, registra 2,7%.

Veto

Hélio Queiroz (PP) estacionou nos 2,6% entre as duas sondagens e Brigadeiro Átila Maia (PRTB) caiu de 3,0% para 2,1%. Fernando Marques (SD) tinha 1,2% e, agora, aparece com 2,0% das menções dos entrevistados. Na sequência, aparecem os dois candidatos do PSol ao Senado. Chico Sant’Anna (PSol) passou de 1,9% para 1,7%, e Marivaldo Pereira, que tinha 2,1%, agora soma 1,4% das citações dos eleitores. João Pedro Ferraz (PPL) tem 1,1% das intenções de voto, mesmo percentual registrado pelo candidato Robson (PSTU).

Os candidatos Romilda Teixeira (PSDB) e Walisson Nascimento (PTB) renunciaram à disputa, mas os nomes deles haviam sido incluídos na pesquisa; por isso, eles aparecem na listagem. Danilo Matoso, do PCO, luta para ser candidato, já que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) vetou todos os nomes do partido. A sigla teve o pedido de registro rejeitado na Corte por problemas na documentação. O PCO recorreu e aguarda decisão.

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.