Empresa de ônibus é condenada a pagar R$ 20 mil para passageira

Publicado em 09/07/2018 - 10:07 | Por Redação

O Juízo da 4ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco condenou uma empresa de ônibus a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais para a autora do Processo n°0702880- 58.2016.8.01.0001. A empresa foi punida em função de a requerente ter sido arremessada dentro do ônibus e sofrido lesão na coluna vertebral.

Na sentença, publicada na edição n°6.149 do Diário da Justiça Eletrônico, da última quinta-feira (5), o juiz de Direito Marcelo Coelho ainda condenou a empresa a pagar pensão mensal à requerente, no valor de um salário mínimo, contado a partir do dia 6 de novembro de 2015, até a data que a autora completar 78 anos de idade.

Conforme alegou a autora do processo, o ônibus no qual estava passou por um quebra molas de forma brusca, por isso foi arremessada para cima e caiu batendo a coluna na quina do assento. Em consequência desse acidente, a autora argumentou ter sofrido lesão na coluna e ficado impossibilitada de trabalhar.

Sentença

O juiz de Direito Marcelo Coelho, titular da unidade judiciária, rejeitou os argumentos apresentados pela defesa da empresa. Segundo afirmou o magistrado: “O cenário fático-jurídico dos autos aponta como circunstância determinante para a realização do evento danoso o fato do motorista do coletivo não ter percebido a existência de quebra molas na vida pública, passando sobre ele sem reduzir a velocidade”.

Na sentença, o juiz de Direito ainda explicou ter sido demonstrado que “o dano ocorrido adveio do acidente de trânsito, e que em razão do acidente advieram as lesões que causaram a incapacidade parcial incompleta, vale dizer dorsolombalgia crônica, colapso vertebral de L1”, concluiu.

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.