Coluna Política Pimenta no Reino 29-06-2018

Publicado em 29/06/2018 - 12:20 | Por Redação

Governo do PT quer acabar com a violência no estado com ‘caminhadas pela paz’ nos 22 municípios

Evento realizado às vésperas do período eleitoral pretende combater a violência apelando ao bom senso dos meliantes…

ARCHIBALDO ANTUNES, DA CONTILNET 

Idas e vindas

O Tribunal Regional Eleitoral do Acre decidiu devolver ontem (28), à 4ª Zona Eleitoral, a Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (Progressistas), e seu vice, José de Souza Lima.

Negócios à parte

Ilderlei e Zequinha Lima são acusados abuso do poder econômico e político nas eleições de 2016. O pedido foi impetrado pelos advogados do PSDB acreano.

Sintonia

A ação dos tucanos pede a cassação dos diplomas do prefeito e do seu vice, e foi acatada pelo juiz Marcelo Badaró, que no dia 24 de maio votou pela condenação dos eleitos. O voto foi acompanhado pela juíza Olívia Ribeiro, em sessão posterior, ocorrida no dia 5 de junho.

Empacou

Mas o processo tinha empacado no TRE-AC, depois que dos pedidos de vista da juíza Carolynne Macêdo e da desembargadora Eva Evangelista.

De volta à origem

O processo volta às origens com o parecer contrário dos membros do TRE-AC, que votaram pela validade da gravação em que o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul Vagner Sales (MDB) supostamente oferece vantagens a um candidato a vereador pelo PSDB.

Tentação

A intenção, segundo a denúncia, era fazer com que ele aceitasse vantagens – dinheiro e cargos na futura gestão de Ilderlei – para não fazer campanha para o então candidato tucano, o ex-deputado federal Henrique Afonso, passando a apoiar o atual prefeito.

Piada pronta

Parece brincadeira, mas o governo do Acre vai gastar recursos públicos promovendo ‘caminhadas pela paz’ nos 22 municípios do estado.

É cada uma!

Um dia depois de o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Acre, César Henrique, fazer um desabafo inesperado na tribuna da Assembleia Legislativa, sobre as condições de trabalho dos policiais do estado, eis que os gênios do governo resolvem flanar pelas cidades acreanas com flores nas mãos, pedindo paz!

Coisa de gênio

Segundo a assessoria de imprensa do governo petista, o evento será realizado simultaneamente em todos os municípios, a partir das 8 horas desta sexta-feira. E a iniciativa integra a VI Semana Estadual Sobre Drogas.

Bem guardados

Experimente o leitor participar de uma dessas caminhadas e observe se os figurões do PT não estarão acompanhados por uma escolta de seguranças armados! É assim que eles lidam com a violência: em passeatas que mais parecem campanha eleitoral e acompanhados por guarda-costas.

A culpa é de quem?

De volta a César Henrique, o superintendente da PRF, ele declarou que a culpa pelo problema da segurança pública é do governo estadual, ao contrário do que costuma choramingar o governador Tião Viana (PT).

Equilíbrio mental

Henrique afirmou também que os policiais precisam ter a cabeça no lugar devido às constantes ameaças que recebem dos traficantes de drogas que atuam nas fronteiras internacionais.

Moral da história

Em outras palavras, é o seguinte: a bandidagem que tomou conta do Acre não teme nem mesmo as polícias, e os companheiros querem combatê-la com um passeio pelas principais avenidas das 22 cidades do estado… Não é mesmo pra rirmos de uma presepada dessa?

Concentração em Mâncio Lima

Ontem mesmo, a equipe da vice-governadora Nazaré Araújo tratava de convocar as pessoas para participarem da caminhada. O chamado informava que a concentração se daria no primeiro portal da Avenida Parque Mâncio Lima, no município homônimo.

Veja essa, leitor!

Dias atrás, a ContilNet revelou que Nazaré Araújo tratou de reforçar sua segurança pessoal. Ou seja: enquanto ela mobiliza os abestados para caminharem com ela, pedindo paz, a vice-governadora trata de tomar medidas concretas quando se trata de preservar a própria vida.

Anúncio

Repórter deste portal de notícias, Salomão Matos revelou ontem que o pré-candidato ao governo do estado pelo PRTB, Lira Xapuri, pensa em desistir de sua pré-candidatura para disputar uma das oito vagas na Câmara Federal.

Boa ideia

Lira faz bem, considerando que não há chance exequível de que venha a vencer uma disputa desde o princípio polarizada entre o senador Gladson Cameli (Progressistas) e o ex-prefeito a Capital, Marcus Alexandre, do PT.

Errata

A coluna foi corrigida quanto a informações publicadas ontem, segundo as quais o vereador Mineirinho teria sido o responsável pela articulação que derrotou a chapa do prefeito de Plácido de Castro, Gedeon (PSDB), à Mesa Diretora da Câmara Municipal.

Correção  

Segundo nossa fonte, o verdadeiro articulador da vitória sobre o prefeito tucano e o seu preferido para presidir o Legislativo municipal, o vereador Marcelo Cacheado, foi o parlamentar Zé Nunes. A ele e aos nossos leitores, o nosso pedido de desculpas.

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.