Braço direito de pastor Agostinho é exonerado da assessoria especial de coordenação da Casa Civil

Publicado em 05/11/2018 - 15:39 | Por Redação

 

 

A edição do Diário Oficial desta segunda-feira, 05, traz apenas três exonerações, entre elas a de Cícero Furtado da Rocha que até então ocupava o cargo de assessor especial de coordenação da Casa Civil do Governo do Acre.

Cícero foi considerado durante o tempo em que esteve no governo, pessoa de confiança de Sebastião Viana. Ele é ligado a Igreja Batista do Bosque e tem como seu guia o pastor Agostinho Gonçalves. Furtado chegou a ser cogitado para ser candidato a deputado federal como parte do projeto político da IBB, porém desistiu.

Semana passada mais de 300 pessoas foram desligadas do serviço público. Os desligamentos fazem parte de uma medida do governo que tem objetivo enxugar o Estado até dezembro e também é resultado da derrota do PT das urnas. A maioria das pessoas que ocupa cargos em comissão é indicação política.

O objetivo do governo é reduzir ao máximo os gastos para manter ao menos os serviços essenciais e entregar a máquina pública minimamente funcionando para a gestão de Gladson Cameli que começa no dia 01 de janeiro de 2019.

fonte:ac24horas

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.